Quarta-feira, 29 de Agosto de 2012

 

 

 

- Qual é a sua área de formação? Não precisa gaguejar e nem sequer ter vergonha de dizer. Mas pela sua indecisão, vejo que esta minha questão pode ter sido inoportuna. Se calhar não teve oportunidade de fazer uma graduação e nem uma formação profissional. Pelo seu olhar de espanto, dá para perceber que deve ter feito apenas o ensino secundário. Fico triste se for este o seu caso, pois o décimo segundo já não garante um dia de trabalho nesta terra que está carregada de gente graduada e pós graduada. Mas vamos deixar esta questão para ser respondida lá mais para o fim da nossa conversa, caso esse assunto ainda interessar.

 

- Qual é o seu partido? Não tenha receio de responder. Caso seja simpatizante ou militante do partido da situação, é melhor assumir o quanto antes, não perder mais tempo e procurar arranjar o seu tacho de futuro. Se é da oposição, já é hora de começar a preparar o terreno, pois em dois mil e dezasseis as coisas por aqui vão mudar. Se não tem nenhuma preferência político partidária, se é ateu nesta matéria, lamento lhe informar que é o elo mais fraco, mais um para engrossar a graúda lista de desempregados. Se está a confiar na sua área de formação, nas suas capacidades, na sua competência, não sua experiência profissional, tenho de lhe dizer que está deveras bastante equivocado.

 

- Já agora, de que ilha é? Antes de responder a minha pergunta. Se for da ilha de Soncent está lixado, vai ter de lamber e engraxar até conseguir um emprego razoável. Mas se for da ilha do Fogo e simpatizante da cor amarela, pode ficar descansado, não precisa provar nada, não precisa de formação, não precisa de experiência profissional, não precisa saber ler nem escrever para ser Administrador de um banco e ter um BMW parado na porta de casa. - Com muito orgulho sou da ilha de Assomada! – Pensava que tínhamos apenas dez ilhas, mas pelos vistos descobriram mais uma e não dei conta, devo estar bastante desactualizado! Mas que ilha é esta? Onde fica situada? Esta ilha fica dentro de uma outra ilha, mais para o norte de Santiago. – Uma ilha dentro de uma outra ilha? – Sim! É a ilha dos políticos do Arquipélago, diria eu, a ilha Administrativa. A maioria dos nossos ministros, secretários de estado e directores was born in Assomada Island. – Meu caro! Se assim é, então não tem de se preocupar, não é preciso estudar muito e nem se dedicar na investigação. Pode parodiar á vontade, cair na boémia porque o seu cargo de director ou administrador já deve estar bem reservado.

 

- É sobrinho de um desses ministros da ilha de Assomada? - Na sua família há membros que desempenham ou já desempenharam cargos políticos? – Não sabe de nada, melhor do que isto, o meu pai foi ministro no tempo da ditadura! – Se assim é, pode ficar descansado, não tem de que preocupar, de certeza será um dos mais novos ministros destas ilhas. Caso não seja, não lhe faltarão propostas para ser um director ou PCA de uma empresa qualquer. Não é preciso tamanha estranheza! Tratando de descendentes dessas gentes, o curriculum é o menos importante, da experiência profissional nem se fala. Já ouviu falar em nepotismo? – Claro! Há dias presenciamos um grande escândalo de nepotismo. – Pois, terá o direito de fazer o mesmo, casar com que quiser e nomear o companheiro ao cargo que melhor lhe convier.

 

- Para terminar, diga-me qual é a profissão que mais se identifica consigo e que gostaria de ter? – Casta de pergunta é essa? Será que uma questão tão descabida como essa merece uma resposta? – Se não quiser responder, pode ficar á vontade! – Claro que vou responder. Sem sombras de dúvida, eu quero ser político, como os meus pais! – Porque razão esta opção? – Desde de criança que assisto os meus pais a mamar nas tetas dos impostos, eles estão bem dispostos, nunca reclamaram, têm uma vidinha bem folgada, e nunca foram bons quadros. Pois bem, eles são um bom exemplo a seguir.



publicado por Helder Fortes às 09:33
Home sr. esta de parabéns, porque asim que eu penso, os politicos não são sérios, sou de Assomada-Rincão..
Odilio Sanches a 29 de Agosto de 2012 às 17:43

Boa utopia (no bom sentido claro).... Digna de reflexão por qualquer um que leia! Gostei do texto e do título.

Cptos, não deixe de escrever!
Natalino a 30 de Agosto de 2012 às 08:59

Gostaria de concordar contigo.
Só que contaste até 2 (dois) e não conseguiste chegar ao mínimo , 10 (dez).
Qual é a razão?
Há quadro que sabemescrever mas não sabe contar,
com conhecimento partidário?
Outros para além de conhecimento partidário têm conhecimento político?

Pois digo-te que SABEDORIA E CONHECIMENTO são diferentes.
Há aqueles que possuem Saber (técnica cientifica) e há aqueles que possuem relações (estão com pessoas que decidem - que lhes facultam papel e cargo).

"Desde de criança ... eles são um bom exemplo a seguir."
Os exemplos a seguir são apenas dos do Fogo e Assomada.
Os Bosoti " são péssimos exemplos? Porque Razão? Mamam em demasia ?

Não posso concordar contigo, és muito redutor.

Estas palavras tem um único objectivo: REFLEXÃO.
Tony a 30 de Agosto de 2012 às 12:44

mais sobre mim
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
18

20
21
22
24
25

26
27
28
30
31


links
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO